Lula, que defendeu reforma da previdência em 2016 e hoje finge ser contra, é visto como oportunista

Em janeiro do ano passado, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu a reforma da Previdência, tema que inclusive foi proposto pela presidente Dilma Rousseff, na época sofrendo bem menos resistência entre os movimentos “sociais”, base de apoio do governo.

“A Previdência, de vez em quando, deve ser reformada. Quando a lei foi criada, se morria com 50 anos. Hoje, a expectativa de vida é de 75 anos”, destacou o ex-presidente, na ocasião.

Não seria uma imensa hipocrisia? Claro que sim! Hoje Lula aproveita o estopim da reforma da previdência e discursa contra a reforma apenas para tentar resgatar um pouco de sua popularidade manchada com os vários escândalos de corrupção.

QUER UM BRASIL LIVRE DE CORRUPÇÃO? CURTA NO BOTÃO ABAIXO E COMPARTILHE ESSA MATÉRIA NAS REDES SOCIAIS

COMENTÁRIOS

error: NÃO COPIE, COMPARTILHE!