Se houvesse hoje uma eleição para a Presidência do Brasil, Jair Bolsonaro venceria

Se houvesse hoje uma eleição para a Presidência do Brasil, Jair Bolsonaro venceria. Pouco importa o que dizem as pesquisas e a vontade dos jornalistas. Donald Trump provou que quase todos podem estar errados ao mesmo tempo.

Adoro pesquisas de opinião. Procuro lê-las com atenção e, com raríssimas exceções, acredito que todas se propõem a acertar. Mas nem sempre conseguem. No caso de Trump – e de Bolsonaro – errariam pelo mesmo motivo.

Trump tinha mais eleitores silenciosos do que Hillary.
Não era politicamente correto votar em um candidato acusado de fascista e que teve a rejeição de nove entre 10 astros de rock e de Hollywood. Trump venceu com o voto rebelde e calado. Acontece o mesmo aqui no Brasil.

Bolsonaro tem hoje muito mais eleitores do que conseguem detectar os institutos de pesquisa.

E esse número cresce a cada invasão, a cada ocupação, a cada rua bloqueada, a cada paralisação que só pune os mais pobres. Bolsonaro cresce a cada assassinato, a cada degola, a cada assalto e a cada crime sem punição. A cada nova lista da Lava-Jato.

 

Por Tulio Milman – ZH

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
QUER RECEBER AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA DE GRAÇA PELO FACEBOOK? CLIQUE EM CURTIR!

COMENTÁRIOS