Ao tentar usar perfil “fake” para atacar Bolsonaro em sua página, equipe de Alckmin erra e usa o dele

O ex-governador e pré-candidato à presidência, Geraldo Alckmin, tropeçou feio ao usar as redes sociais no final da noite desta quinta-feira (24). Em um primeiro momento, Alckmin postou: “Jogo é jogo, treino é treino”.

A seguir, o primeiro comentário que aparece é, por engano, dele mesmo: “É isso ai, Geraldo!!! Muito bom!!! Bolsonaro nunca entrou em campo e o cara vem querer cantar de galo”.

A postagem e o comentário com o mesmo perfil deixam claro que Alckmin está usando social mídias profissionais para fazer suas postagens e para atacar os adversários nos comentários. E que o primeiro alvo é o Bolsonaro.

O “social-mídia” se esqueceu de trocar sua identidade do perfil oficial de Alckmin para o do comentador “fake”.

A postagem de Alckmin permanece em sua página, mas o perfil “fake” repetido foi apagado.

O uso de perfis “fakes” para ataques a adversários é proibido pela justiça eleitoral e se Bolsonaro ou outro candidato quiser pode enviar a denúncia com base nos prints da Fórum para investigação.

GOSTOU DESTA NOTÍCIA? ENTÃO CURTA E COMPARTILHE, É GRÁTIS!

ASSINE O EXPRESSO DIÁRIO, É GRÁTIS

COMENTÁRIOS