Cientistas da Austrália estão apostando em um enorme telescópio para monitorar a Próxima Centauri, a estrela mais perto do nosso Sistema Solar e que está possivelmente em uma área habitável. Nosso vizinho solar é a grande promessa de vida inteligente extraterrestre.

A Próxima Centauri é uma estrela anã, localizada a apenas 4,25 anos-luz da Terra. As primeiras informações dão conta de que essa estrela está na órbita de um planeta semelhante à Terra, chamado de Próxima b. Os cientistas acreditam que este planeta tenha água em estado líquido. O próximo salto é descobrir se ele pode ser habitável.

O telescópio Parkes, da Austrália, pretende realizar uma varredura para tentar encontrar civilizações desconhecidas no espaço. Esta é a primeira colaboração da Austrália com o Breakthrough Listen, um esforço global de US$ 100 milhões para investigar ativamente a possível existência de vida alienígena inteligente.

Segundo informações do The New York Times, o projeto Breakthrough Listen foi lançado em 2015 pelo bilionário investidor tecnológico Yuri Milner. Os defensores internacionais do projeto incluem o renomado físico Stephen Hawking, o astrônomo Frank Drake, o Lord Martin Rees, da Universidade de Cambridge, e Ann Druyan, viúva do astrônomo Carl Sagan.

O grande radiotelescópio australiano vai permitir que os cientistas escutem sinais de outras civilizações. Os cientistas acreditam que os telescópios mais poderosos da Terra são a melhor chance que a humanidade tem de responder à questão se estamos ou não sozinhos no universo.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM PRIMEIRA MÃO. CURTA E SIGA NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS NOS BOTÕES ABAIXO

COMENTÁRIOS