China quer ampliar relações comerciais e confirma viagem de embaixador para o Brasil

O presidente Jair Bolsonaro recebeu nesta sexta-feira (8), no Palácio do Planalto, as credenciais de seis embaixadores estrangeiros que atuarão a partir de hoje no Brasil. Entre eles, estava o novo embaixador chinês, Yang Wanming.

A cerimônia de entrega das chamadas Cartas Credenciais é protocolar e serve para oficializar o início dos trabalhos de embaixadores estrangeiros no país, além de ser uma oportunidade dos representantes dos outros países se encontrarem pessoalmente com o presidente da República.

No encontro com o representante chinês, Bolsonaro disse que a economia brasileira é muito ligada à do país asiático e que espera ampliar as relações comerciais entre as duas nações.

O embaixador chinês ainda convidou o presidente brasileiro, em nome do presidente da China, a visitar o país asiático. Bolsonaro aceitou o convite e disse que a viagem deve ocorrer no segundo semestre deste ano.

Também apresentaram as credenciais os embaixadores da Turquia, da Guiné Equatorial, da Etiópia, de Barbados e de Burkina Faso.

O EXPRESSO DIÁRIO É UMA MÍDIA ALTERNATIVA CONSERVADORA PARA QUEM BUSCA INFORMAÇÕES PRECISAS E INTERPRETAÇÕES EQUILIBRADAS DOS PRINCIPAIS FATOS DO BRASIL E DO MUNDO. CURTA É GRÁTIS!

ASSINE O EXPRESSO DIÁRIO, É GRÁTIS

DEIXE UM COMENTÁRIO