Ciro Gomes: As Forças Armadas estariam restritas a suas funções constitucionais, sob o meu comando. “Eu mando, eles obedecem”

O ex-governador do Ceará participou de sabatina do Jornal O Globo, Valor Econômico e revista Época nesta quarta-feira.

Ciro Gomes falou sobre algums temas polêmicos entre eles frisou que no seu governo caso eleito, militar não pode falar de política. Quer as Forças Armadas altivas e bem-armadas, mas restritas a suas funcionais constitucionais, sob o seu comando. “Eu mando, eles obedecem”. E ainda sobrou para o vice de Bolsonaro: “um jumento de carga”, disse sobre o general Mourão.

Sobre a declaração do Comandante Villas Boas que próximo presidente pode não ter legitimidade, Ciro foi ainda mais ácido.

– Estaria demitido e provavelmente pegaria uma “cana”. Mas deixa eu explicar, ele está fazendo isso para tentar calar a voz das “cadelas no cio” que embaixo dele estão se animando com essa barulheira. Esse lado fascista da sociedade brasileira. Esse general Mourão, que é um jumento de carga, tem uma entrada no Exército e agora se considera tutor da nação.

JORNALISMO DE QUALIDADE MERECE SER APOIADO, CURTA O EXPRESSO DIÁRIO NO FACEBOOK E ACOMPANHE AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES

COMENTÁRIOS