Ciro Gomes volta a chamar policiais militares de “marginais fardados”

O ex-deputado Ciro Gomes (PSB) reacendeu nesta quinta-feira, 24, a polêmica com os policiais militares do Estado.

Durante palestra para jovens empresários, ele disse que repetiria a frase que o transformou em alvo de vários processos judiciais.

“Para mim, quem faz a cidade de refém, quem faz motim, não é PM, é marginal fardado. E pode atirar na minha cabeça que não tem perigo de eu morrer sem repetir isso”, disparou Ciro.

O ex-parlamentar se referia à última greve de policiais militares e bombeiros do Estado do Ceará, ocorrida no início do ano passado.

A paralisação provocou um clima de pânico na Capital e forçou o governo Cid Gomes a fazer uma série de concessões à categoria.

GOSTOU DESTA NOTÍCIA? ENTÃO CURTA E COMPARTILHE, É GRÁTIS!

ASSINE O EXPRESSO DIÁRIO, É GRÁTIS

DEIXE UM COMENTÁRIO