Comprar um imóvel na planta é para você?

Comprar um imóvel é uma atitude que merece responsabilidade e ponderamento desde a negociação até a mudança. Afinal, na maioria dos casos, as pessoas compram apenas uma casa durante toda a vida e, por isso, devem estar atentas às tomadas de decisão no processo. Existem outros pontos a serem considerados, mas a escolha do momento da compra é fundamental e impacta diretamente em todos os outros pontos.

Mas como assim “momento de compra”? Simples, a grande dúvida das pessoas é adquirir um imóvel na planta ou um apartamento pronto para morar. Cada uma dessas opções possui vantagens e desvantagens e, portanto, é fundamental saber apenas qual é o momento que combina você, de acordo com as suas necessidades e objetivos.

Antes disso, qual é a diferença entre apartamento pronto e imóvel na planta?

O apartamento pronto apenas é colocado à venda quando as obras estão finalizadas. Também pode ser utilizado para aquele imóvel que nunca foi usado ou vendido, mas teve as obras concluídas há tempos.

Um imóvel na planta, no entanto, é aquele cujas obras já foram iniciadas, mas não finalizadas, e também é usado em empreendimentos no papel ainda, isto é, que não começaram a construção ainda.

Quais são as vantagens de comprar imóvel na planta?

Logo de início, podemos destacar que imóveis na planta são mais baratos em relação aos prontos. As construtoras normalmente oferecem descontos e benefícios para as pessoas adquirirem apartamentos em período de obras; além disso, falando como investimentos, eles não estão valorizados ainda, por isso possuem um custo mais baixo.

O tempo pago até o recebimento das chaves também faz com que seja mais fácil de negociar esse valor, caso seja necessário. O fator tempo é usado a favor dos compradores, nesse sentido, pois é possível diminuir o valor das parcelas, aumentar a quantidade de prestações, entre outros, durante as obras.

Com relação ao apartamento em si, não é preciso muita preocupação: trata-se de um imóvel novo, sem necessidade de reformas e com uma infraestrutura pensada para os dias de hoje, ou seja, atende bem às necessidades dos compradores. Ainda assim, a maior vantagem de um empreendimento ainda em construção é a possibilidade de mudanças e reformas logo no início, o que poupa tempo e dinheiro.

Por fim, um ponto fundamental nesse processo, cujo fator tempo colabora bastante, é a chance de analisar minuciosamente toda a documentação do imóvel. É um documento pesado, cheio de detalhes, e isso pode acarretar em problemas posteriores; assim, esse tempo é uma boa oportunidade para conferir e consertar quaisquer divergências que venham ocorrer.

Quais são as desvantagens de comprar imóvel na planta?

Assim como o tempo pode ajudar nesse processo de dinheiro e documentos, a espera nem sempre é agradável. Quem não pode esperar anos até a mudança, pode se prejudicar com isso; afinal, tudo vai depender do estágio em que estão as obras e dos possíveis atrasos nas entregas.

Junto a isso, ainda existe o risco de não receber o apartamento como combinado. Não que necessariamente implique em calote da construtora, mas existe a probabilidade de atraso, de problemas na entrega, de reprovação na vistoria ou, em último caso, de a construtora decretar falência. O mais lógico a se fazer é analisar o histórico da construtora antes mesmo de fechar negócio.

Além disso, o imóvel na planta pode sofrer reajustes, não apenas no valor das parcelas, que aumentam por causa da valorização na planta, mas também pelas correções causadas pelos índices da construção civil.

Como sei se é para mim a compra de imóvel na planta?

De maneira geral, não é possível dizer que existe um momento absolutamente melhor. Cada um deles é específico para determinados compradores. O que é preciso analisar, no entanto, são os objetivos de vida, o planejamento financeiro e seu perfil.

Sim, os perfis conservadores não gostam de arriscar, por isso, optam por apartamentos prontos para morar; quem busca economia, por outro lado, prefere aguardar algum tempo para conquistar uma casa.

Portanto, para a escolha que mais tem a ver com você, é imprescindível analisar os prós e os contras de cada momento. Caso tenha alguma dificuldade, uma boa dica é consultar especialistas, que podem ajudar a reduzir os riscos independentemente da opção escolhida.

JORNALISMO DE QUALIDADE MERECE SER APOIADO, CURTA O EXPRESSO DIÁRIO NO FACEBOOK E ACOMPANHE AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES

COMENTÁRIOS