Conheça os investimentos em renda fixa

Investimento é a palavra de ordem para quem deseja ter uma vida financeira tranquila. Ele pode começar com uma grande quantia ou com valores irrisórios, mas é importante que todo mês o cidadão guarde um determinado valor.

Um erro comum no Brasil é pegar qualquer dinheiro que sobra e aplicar na Caderneta de Poupança: uma pesquisa recente da Federação do Comércio do estado do Rio de Janeiro concluiu que 76% dos brasileiros dão preferência para a poupança, mas isso se dá justamente por falta de conhecimento, uma vez que o rendimento desta aplicação é baixo e isso não permite um bom retorno financeiro.

Abaixo você acompanha dicas sobre outras opções de investimento, especificamente as de renda fixa, que são ótimos caminhos para multiplicar seu dinheiro.

Contribuindo com o desenvolvimento do país: títulos públicos

O Tesouro Direto é um programa do Tesouro Nacional que comercializa títulos públicos do Governo Federal, disponíveis no mercado financeiro para que o Estado financie suas dívidas. A lógica é simples: quando o cidadão compra um desses títulos, ele “empresta” dinheiro ao governo e esse valor rende juros em um prazo já determinado.

Emprestando dinheiro ao sistema bancário

O investimento em CDB, que significa Certificado de Depósito Bancário, significa que o cidadão aplica seu dinheiro em um determinado banco e este dinheiro rende juros que também serão devolvidos ao cliente. Os bancos se utilizam desta tática para adquirir dinheiro que financie seus investimentos.

Uma dica importante: investir em bancos menores pode ser uma boa opção, já que muitas vezes os juros que rendem são maiores. Ah, e não se preocupe se a instituição bancária quebrar, já que o CDB é protegido pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC) que garante – por lei – o retorno do dinheiro a quem emprestou.

Aplicando em setores da economia: imóveis e agronegócio

Alguns setores específicos da economia permitem que a população invista neles por meio de empréstimos que também serão corrigidos e devolvidos por meio de juros. É o caso, por exemplo, dos setores imobiliários e de agronegócio. O primeiro emite títulos de Letra de Crédito Imobiliário (LCI), enquanto o segundo emite a Letra de Crédito do Agronegócio (LCA).

Com a compra destes títulos, bancos e instituições financeiras investem esse dinheiro nos dois ramos e ajudam no desenvolvimento do país. Eles também possuem a segurança do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) e têm uma vantagem extra: são isentos do imposto de renda.

Como investir em renda fixa?

É altamente recomendável contratar uma consultoria financeira para te ajudar a escolher o melhor investimento em renda fixa. Isso porque cada banco disponibiliza uma taxa de retorno diferente e – não necessariamente – os bancos maiores são os mais vantajosos. Logo, instituições financeiras pouco conhecidas oferecem maiores rentabilidades, mas elas são pouco conhecidas e uma consultoria pode te colocar em contato com boas oportunidades.

Outra opção bacana é abrir conta em uma corretora de valores, já que dessa maneira é possível investir em diversos títulos de uma grande variedade de bancos – tudo por uma única conta. Aliás, é altamente recomendável que você adote a estratégia de diversificação de investimentos, o que significa aplicar seu dinheiro em diferentes títulos. As principais vantagens disso são: maior segurança e possivelmente um rendimento maior.

Relação com o Imposto de Renda

Como já adiantamos, o LCI e LCA são isentos de pagar Imposto de Renda. Portanto, na hora da declaração você registra que estas aplicações são rendimentos isentos e não tributáveis e não precisa pagar por aplicar seu dinheiro neles.

Por outro lado, no caso dos outros investimentos, como CDB e Tesouro Direto, o valor do imposto de renda será cobrado na hora que você resgatar o dinheiro. A tributação é feita a partir de uma tabela regressiva que leva em conta o tempo que o dinheiro está investido. Em outras palavras: quanto mais tempo seu capital estiver investido nestes títulos, o valor a ser pago no IR será menor.

JORNALISMO DE QUALIDADE MERECE SER APOIADO, CURTA O EXPRESSO DIÁRIO NO FACEBOOK E ACOMPANHE AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES

COMENTÁRIOS