Estiagem em Lages, SC: não há risco de desabastecimento

Foto da estação de tratamento de água de Lages.
Rio Uruguai com nível de 0,68 m, muito abaixo da média de 3 m. Foto: Jairo C. de Souza / Especial Correio do Povo.

A Região Sul está há meses em uma situação de estiagem, com rios praticamente secos. Nas redes sociais e nos jornais, imagens e vídeos da situação estão circulando. E como fica a cidade de Lages, na Serra Catarinense, abastecida principalmente pelo Rio de Caveiras?

Na última segunda-feira (27), ao ser questionada através de sua página no Facebook, a Secretaria Municipal de Águas e Saneamento de Lages (Semasa) informou que os níveis dos reservatórios de água estão normais, apesar do nível do rio estar baixo.

“Apesar do nível estar baixo devido ao período prolongado de escassez de chuva, destacamos que não há risco de desabastecimento para Lages. Ainda assim, a colaboração de todos é fundamental! Faça uso racional da água e evite atividades [em que] que não seja indispensável o uso de água potável!”, complementa a Secretaria.

Em uma publicação nas redes sociais, a Semasa informou também que “o manancial comportaria, em tese, mais 60 dias de estiagem”.

DEIXE UM COMENTÁRIO