A gestão de João Doria (PSDB) na Prefeitura de São Paulo premiou com a mais importante condecoração da cidade – a “Medalha Cidade de São Paulo” – o fundador do “Catraca Livre”, Gilberto Dimenstein, pelos “bons serviços prestados na promoção de ações de lazer e de cultura”.

A medalha foi entregue a Dimenstein no último dia 30 de janeiro, em cerimônia ocorrida no Theatro Municipal. Outros premiados com a mesma medalha foram a atriz Cláudia Raia, o empreendedor Geraldo Rufino, a ex-jogadora de basquete Hortência Marcari, a atriz Regina Duarte e o humorista Tom Cavalcante, entre outros.

O site “Catraca Livre” é conhecido por seu viés de esquerda e tem como lemas “comunicar para empoderar” e “conviva melhor com menos dinheiro”, mas recebeu R$ 1,55 milhão dos pagadores de impostos brasileiros por meio da Lei Rouanet.

Nesta semana o site virou notícia por incentivar alimentos a base de fezes e urina.

Como cada vez menos gente acredita nas bobagens esquerdistas, o Esquerda Lixo (Catraca Livre) está incentivando “alimentos” feitos com fezes ou urina para ver se cria novos esquerdistas. A Caneta Desesquerdizadora não perdoou.

CURTA O EXPRESSO DIÁRIO NO FACEBOOK E ACOMPANHE AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES

COMENTÁRIOS