IPVA em 2019 será em média 3,23% mais barato

A Secretaria estadual de Fazenda e Planejamento divulgou ontem os valores venais de carros, utilitários e motos que servirão de base para o cálculo do IPVA 2019, segundo a tabela Fipe.

Sobre preços de automóveis e motocicletas vão incidir as alíquotas do imposto (de 1,5% a 4%), que variam de acordo com o tipo de veículo e o combustível usado (veja abaixo como calcular o imposto).

De acordo com o Estado, o imposto teve uma variação negativa de 3,23% na comparação com 2018. No caso dos automóveis, a redução será de 3,13%, enquanto que para motos será de 3,19%.

Para encontrar o valor venal na tabela, é preciso consultar o modelo exato e o ano de fabricação que estão indicados no documento do carro (veja os valores na tabela nas páginas seguintes).

Depois, basta multiplicá-lo pela alíquota aplicada para cada transporte. Os proprietários que quiserem pagar o IPVA em cota única terão um desconto de 3%. O calendário começa no dia 21 de janeiro para os veículos com final 0 (veja o calendário).

DPVAT com redução

O seguro DPVAT pago na mesma época que o IPVA terá redução média de 63,3%. No caso dos automóveis, a queda será de 71%, passando de R$ 41,40 em 2018 para R$ 12,00 em 2019. Para as motos, redução de 56% sobre o valor pago em 2018: de R$ 180,65 para R$ 80,11.

A quitação do seguro DPVAT será feita em guia à parte ao IPVA, que deverá ser retirada no site da seguradora Líder (https://pagamento.dpvatsegurodotransito.com.br/). A guia, porém, ainda não foi liberada.

O mesmo acontece com a Guia de Regularização de Débitos (GRD), que será disponibilizada pela Secretaria de Fazenda para o pagamento do IPVA de 2019. Ela poderá ser emitida pelo site da Secretaria de Fazenda (fazenda.rj.gov.br) ou do Bradesco (bradesco.com.br). A Fazenda vai anunciar a data de liberação das guias nos próximos dias.

Amauricio Borba

Formado em Economia, Jornalismo e Ciências Políticas pela UNIVILLE – SC. Gaúcho de nascimento e catarinense de coração. Em defesa da ética, da liberdade de expressão e por um Brasil mais justo. Apaixonado por vendas é fundador do Jornal Expresso Diário
Amauricio Borba

DEIXE UM COMENTÁRIO