O empresário Joesley Batista, que gravou secretamente conversa com o presidente Michel Temer e fez uma delação premiada, esteve nesta terça-feira (28) no Senado para prestar depoimento em reunião conjunta das CPIs Mista da JBS e do BNDES. Assim como o irmão, Wesley Batista, Joesley optou por ficar em silêncio durante os questionamentos dos parlamentares.

COMENTÁRIOS