Lula comandou esquema para enriquecer ilicitamente, diz Procuradoria

A quatro dias das eleições presidenciais, a força-tarefa da Lava Jato reiterou ao juiz Sérgio Moro a argumentação já exposta na denúncia criminal sobre o terreno do Instituto Lula e reforçou o pedido de condenação do ex-presidente por nove atos de corrupção passiva e sete de lavagem de dinheiro

O EXPRESSO DIÁRIO É UMA MÍDIA ALTERNATIVA CONSERVADORA PARA QUEM BUSCA INFORMAÇÕES PRECISAS E INTERPRETAÇÕES EQUILIBRADAS DOS PRINCIPAIS FATOS DO BRASIL E DO MUNDO. CURTA É GRÁTIS!

ASSINE O EXPRESSO DIÁRIO, É GRÁTIS

DEIXE UM COMENTÁRIO