Marcelo Vasconcelo – Escondam suas Bíblias, há um ladrão à solta

Nós Sabemos que o Brasil é sem sombra de dúvidas um país extremamente exótico, em todos os sentidos. Aqui é onde tudo pode acontecer a qualquer hora e, a depender do absurdo que for, ainda podemos dizer que não foi nada. A última notícia desse naipe foi alardeada pelo candidato do PT. Segundo ele, uma Bíblia que ele ganhou teria sido furtada do palanque onde discursava.

Esse absurdo tem criado uma balbúrdia desgraçada nos últimos dias. Isso por que foi divulgado que acharam a tal Bíblia dele jogada no lixo, como isso certamente pesaria para sua campanha, já cambaleante e prestes a desabar, motivo pelo qual rapidamente arrumou um culpado para o ocorrido.

Segundo o candidato do PT, sigla que poderia significar muito bem Perda Total, insisto, alguém teria furtado sua Bíblia e um aparelho celular do palanque onde se encontravam inúmeras pessoas, todas, certamente, com seus aparelhos nas mãos, o que poderiam registrar o fato, mas não houve nada disso.

Depois, é mais crível que um comunista realmente tenha jogado, algo tão caro para um cristão, fora, do que alguém ter furtado. Meu Deus! Vamos fechar tudo e entregar aos índios de novo, estão furtando Bíblias agora!É o cúmulo!

Pra quem conhece um pouco do que é o social/comunismo sabe que fé e religião não combinam com eles. O próprio Karl Marx dizia que “Religião é o ópio do povo”, e Haddad é um fiel seguidor de suas doutrinas nefastas criadas no século 19 e nunca postas em prática como ele previa.

E mais, o barbudão de cueca vermelha (Marx) tinha pretensão de destronar Deus, era um árduo inimigo da fé cristã, isso porque sofreu grande influência de um pensador chamado Feuerbach, outro discípulo do Capiroto. O candidato do PT é tão fã de Marx  que escreveu sobre suas pretensões socialistas, como já escrevi por aqui no artigo O Socialismo dos Livros de Haddad é o Comunismo com Nome Bonitinho. É um comunista sem medo de ser feliz, pena que o grande público não conhece as reais intenções deles, senão jamais daria confiança.

A religião sempre foi vista como fator negativo por Karl Marx, pois, como implantar uma guerra a qual ele chamava de revolução proletária com pessoas que tinham princípios de fé? Era praticamente impossível se conseguir. Por isso a insana missão que assumira em destronar Deus, óbvio que a insignificância de um pretensioso como ele nunca chegou a representar ameaça a Deus, mas mostra o repúdio que todos esses sacerdotes social/comunistas têm com a fé cristã e com religião, de uma forma geral.

Portanto, essa historinha de que sua Bíblia foi furtada é só mais um mimimi de quem não tem coragem para assumir seus erros. Temos que dormir com essa agora, somos o país onde há pessoas que furtam Bíblias, e pior, de comunistas, o que seria um pecado maior, pois eles precisam mesmo ler as Escrituras Sagradas mais que todos nós, talvez. Ao moribundo petista só nos resta dizer, para que tá feio!

Marcelo Vasconcelo

Bacharel em direito e advogado, curso extensivo em Direitos Humanitários e em Direitos Humanos sob perspectivas de Refugiados; artista plástico - autodidata - na área de pinturas e muito gosto pela leitura e escrita.
Marcelo Vasconcelo

DEIXE UM COMENTÁRIO