Novela da Globo promove incesto entre tio e sobrinha

Karola (Deborah Secco) descobriu no capítulo desta segunda (5) de Segundo Sol que é filha de Laureta (Adriana Esteves), no entanto, ela vai ignorar o fato de Remy (Vladimir Brichta) ser irmão da cafetina e irá para a cama com ele. Tudo isso acontece após um pedido de Beto (Emilio Dantas), que foi traído pelos dois durante anos.

Dulce (Renata Sorrah) havia explicado a Karola que Laureta é sua mãe e a abandonou no orfanato ainda criança. Quando já estava na adolescência, a ladra de bebê foi resgatada pela cafetina e começou a se prostituir por influência dela.

Depois da transa, os dois aparecerão juntos na cama planejando assumir o bordel da cafetina vivida por Adriana Esteves.

“Vem cá, quero conversar contigo… Quero falar com você sobre Karola”, anuncia. “Eu não tenho visto Karola, sério”, rebate ele, quando Beto revela: “Eu sei, mas talvez seja a hora de ver. Karola é filha de Laureta“. “Como é que é? Karola é filha de Laureta?”, questiona. “Isso mesmo, filha de Laureta com Severo Athayde“, explica.

“Ela não quis minha ajuda nem de Valentim, ela tá sozinha, tá arrasada… e talvez você consiga dar um apoio a ela”, pede. “Peraí Beto, deixa eu ver se tô entendendo… você tá dando força pra eu ir atrás de Karola, pra… pra dar apoio a ela, é isso mesmo?”, surpreende-se, e Beto diz que sim.

“Vou lhe explicar por que… porque ela agora precisa de afeto, e eu hoje entendo que o que você teve com Karola não foi uma vingancinha contra mim, não foi recalque… você gosta dela, de verdade. Eu lembro uma vez que você me disse que amava uma mulher, mas que ela era comprometida…”, relembra.

“Foi uma das poucas vezes, acho que a única, que vi você falar em amor. Tô passando uma borracha no passado, meu irmão, e quero que você faça o mesmo. Karola tá precisando de você… você taí infeliz que eu sei… acho que vocês podem fazer bem um ao outro. Procure Karola, ajude ela…”, declara o irmão, e Remy pergunta: “Eu vou lá… com a sua benção?”.

“Com a minha benção…”, retruca Beto, que o abraça. A primeira atitude imediata que Remy tomará, a partir daí, é partir para a cobertura da dondoca e falar sobre o acontecido. No entanto, para a decepção do público, os dois irão ignorar completamente o fato de serem tio e sobrinha, já que ele é irmão de Laureta.

Ele tocará a campainha e dirá: “Fiquei sabendo o que aconteceu, como é que você tá, quer dizer, tô vendo que tá mal… Fala comigo, desabafa comigo…”. “Não quero que ninguém tenha pena de mim”, rebate ela. “Pena às vezes é bom, babycat, quando é com amor, sabe, aquelas coisas de compaixão pelo próximo, empatia, esse blá blá blá todo”, diz.

“Às vezes faz sentido… pra mim tá começando a fazer…”, continua. “Laureta, minha mãe… não é pra ter pena, é pra rir”, lamenta, e Remy diz que foi Beto quem o mandou até lá: “Ele abençoou nossa relação, disse que a gente pode fazer bem um ao outro”. “Você não tá falando sério”, responde ela, que explode.

“Era só o que faltava, Beto lhe jogar pra cima de mim… é o que? Prêmio de consolação? Ele quer que você cuide de mim, que que ele pensa? Arrogante! Prepotente, é o que Beto é! Isso tem tradução, não ligou a tecla SAP não, Remy? Ele me quer feliz preocupado de eu não encher o saco dele, pra ele ter paz com Luzia”, desabafa.

“Sabe qual é o seu problema, garota? É que você morre de ciúmes de Beto, sua fixação nele é maior que tudo, maior até do que você pode ter de bom ainda na vida! Eu não devia ter vindo, já vi esse filme, tenho mais é que tirar mesmo o time de campo”, se revolta ele, que vai saindo, quando ela o puxa e tasca um beijo na sua boca, mesmo sendo sua sobrinha.

“Você ganhou… agora eu sou sua, e você é meu, não vai embora daqui não, não me deixa sozinha…”, finaliza ela, na cena que irá ao ar na primeira semana de novembro, a última de Segundo Sol.

GOSTOU DESTA NOTÍCIA? ENTÃO CURTA E COMPARTILHE, É GRÁTIS!

ASSINE O EXPRESSO DIÁRIO, É GRÁTIS

COMENTÁRIOS