O arrogante discurso da derrota de Haddad

Haddad, como todo esquerdista radical, é medíocre, arrogante e prepotente.

Fez um discurso em que ignorou tanto o presidente eleito quanto os milhões de brasileiros que lhe deram a vitória.

Na verdade, não houve qualquer humildade ou reconhecimento da derrota, apenas soberba.

Além disso, não desejou boa sorte ao novo governante ou saudou os eleitores de Bolsonaro.

Haddad não esboçou nenhuma palavra para tentar arrefecer os ânimos no país.

Não há gesto de aproximação e de moderação porque não há disposição para isso.

Haddad mostra que não há qualquer grandeza, nobreza ou virtude em sua alma.

O EXPRESSO DIÁRIO É UMA MÍDIA ALTERNATIVA CONSERVADORA PARA QUEM BUSCA INFORMAÇÕES PRECISAS E INTERPRETAÇÕES EQUILIBRADAS DOS PRINCIPAIS FATOS DO BRASIL E DO MUNDO. CURTA É GRÁTIS!

ASSINE O EXPRESSO DIÁRIO, É GRÁTIS

DEIXE UM COMENTÁRIO