O PT quer o Nobel da Paz para Lula, assim como queriam para Hitler 1939?

Gleisi Hoffmann, presidente do PT, acredita que a condenação de Lula proferida nesta quarta-feira (6), pela juíza federal Gabriela Hardt, faz parte de uma perseguição política e tem o objetivo de impedir que o ex-presidente ganhe o prêmio Nobel da Paz — do qual ainda nem foi indicado.

Por meio meio de nota, divulgada no site do PT, a presidente da sigla considera a condenação “injusta e ilegal”. Além disso, a nota cita que “a maioria da sociedade brasileira e a comunidade internacional sabem que Lula é um preso político em nosso país”.

O PT ignora todas as provas levantadas e fatos já comprovados sobre as quais Lula foi condenado, insistindo em uma narrativa de “perseguição política” enquanto todo mundo sabe que Lula está preso por que deve com a justiça.

Diante destes fatos, podemos levantar uma outra questão muito debatida sobre o nazismo ser de direita ou de esquerda.

A semelhança praticada por ambas as ideologias “Nazismo e Esquerda” cada dia se mostra mais clara, até mesmo com esta história de “Nobel da Paz” para o Lula.

VEJA TAMBÉM:  Filhos se digladiam por herança de Marisa

Por incrível que pareça, o ditador nazista Adolf Hitler também foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz, em 1939. A nomeação foi feita por E.G.C. Brandt, um membro do parlamento sueco.

Na época, boa parte dos parlamentaristas suecos tinha indicado o primeiro-ministro britânico Neville Chamberlain ao Nobel da Paz, atitude que Brandt desaprovava. Foi aí que ele resolveu superar – e provocar – os colegas, indicando Hitler ao prêmio.

A indicação de Brandt não foi muito bem recebido pela organização do Nobel, que cancelou a nomeação de Hitler em uma carta de 1º de fevereiro de 1939.

 

GOSTOU DESTA NOTÍCIA? ENTÃO CURTA E COMPARTILHE, É GRÁTIS!

ASSINE O EXPRESSO DIÁRIO, É GRÁTIS

DEIXE UM COMENTÁRIO