Oito países da América Latina pedem fundos para atender imigrantes venezuelanos

Oito países latino-americanos solicitaram, nesta terça-feira (9), mais fundos internacionais para atender cerca de 3,5 milhões de imigrantes venezuelanos nos países da região, diante da prolongada crise econômica e política na Venezuela.

Delegados de governos reunidos em Quito, capital do Equador, solicitaram uma ajuda econômica para “contribuir solidariamente” com 16 nações que acolhem ou servem de trânsito aos imigrantes.

Representantes de agências da ONU, do Banco Mundial e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) participaram do encontro para ouvir os pedidos. O representante do autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, também participou da reunião.

DEIXE UM COMENTÁRIO

CONTEÚDO RECOMENDADO
loading...