Serviço de Inteligência da PF teria alertado Bolsonaro para não sair de casa por correr risco de ser morto

Uma mensagem está circulando nas Redes Sociais informando que o Serviço de Inteligência da Polícia Federal  está alertando o candidato Jair Bolsonaro para que o mesmo não venha sair de casa para nem um local por estar correndo o risco de ser morto.

A Polícia Federal estaria investigando os advogados de Adélio, que tentou matar Bolsonaro, e descobriram envolvimento com o PCC.

Confira mensagem na íntegra:

Urgente: “Serviço de inteligência da Polícia Federal impede que Bolsonaro viaje para São Paulo. O candidato foi informado que ele corria risco de ser morto.

A Polícia Federal investiga advogados de Adélio, que tentou matar Bolsonaro, por envolvimento com o PCC. Duas pessoas da pensão em que Adelio estava morreram após o atentado. Em video feito na noite de ontem, dia 18 de outubro, Bolsonaro lembra que Adélio era filiado ao PSOL e esclarece aos eleitores que, de acordo com a legislação eleitoral, a partir de agora, se ele for assassinado o terceiro lugar no primeiro turno – Ciro Gomes – disputaria a eleição com Haddad. Ontem o PDT de Ciro e o PT entraram com o pedido de impugnação da candidatura de Bolsonaro – alegando uso de Fake News – para que Haddad e Ciro disputem a eleição.

Sentindo-se ameaçado Bolsonaro foi a sede do Bope e da Polícia Federal pedir apoio. Sabendo que é impossível ganhar nas urnas as facções criminosas – inclusive o PT – querem Bolsonaro fora de qualquer maneira.

Semana passada José Dirceu disse em entrevista ao jornal El Pais: “Falta pouco para tomarmos o poder e não será por eleição”.

Estão querendo tirar Bolsonaro de casa para debate…isso é levá-lo para a morte. Ele precisa ficar em casa até a posse. Depois eles sabem que se ele for morto o General Mourão assume e o bicho vai pegar. A eleição acabou! Bolsonaro está eleito. Agora é guerra! A vida dele está em risco.

Vamos denunciar! Se o Capitão morrer o Brasil vai explodir. Todos atentos. Cuba, Venezuela, PT, PCC… são muitos os bandidos que não querem Bolsonaro presidente. O escudo dele é Deus e o povo. Deus guarde a vida de Bolsonaro e de sua familia. Brasil: vamos lutar pela vida dele! Leia, compartilhe, alertem todos os seus contatos em todas as redes sociais.”

Nossa equipe do Jornal Expresso Diário tentou entrar em contato com a assessoria do candidato Jair Bolsonaro para tentar esclarecer esses fatos mas não conseguiu retorno.

O Expresso Diário também procurou em todos os canais que monitoram mensagens e notícias na web para verificar se poderia ser uma FakeNews, e não foi encontrado nem uma informação referente a esta mensagem que está circulando.

A jornalista e deputada mais votada em São Paulo Joice Hasselmann, postou um vídeo explicando que os EUA teria detectado ações vindas do Iran, Hezbollah e Venezuela para interferir nas eleições brasileiras. Em documento o congressista Dana Rohrabacher dos EUA pede providências ao governo americano.  O documento teria sido enviado para Mike Pompeu, secretário de Estado americano e ex-diretor da CIA nos EUA.

Confira o vídeo da jornalista:

Amauricio Borba

Formado em Economia, Jornalismo e Ciências Políticas pela UNIVILLE – SC. Gaúcho de nascimento e catarinense de coração. Em defesa da ética, da liberdade de expressão e por um Brasil mais justo. Apaixonado por vendas é fundador do Jornal Expresso Diário
Amauricio Borba

DEIXE UM COMENTÁRIO