Simpósio de educação sexual transforma universidade de Maringá em puteiro

41

Dia desses o filósofo Olavo de Carvalho disse em rede nacional para o programa do Danilo Gentili no SBT que as universidades brasileiras transformaram-se em puteiro.

Na verdade, é pior do que isso. Um prostíbulo é o lugar que existe justamente para a prática da “sacanagem” e as pessoas que o frequentam são adultas e livres e lá vão para seus momentos de lazer.

Já a universidade, existe para se adquirir conhecimento, para formar intelectuais, acadêmicos, profissionais e pessoas honradas que deveriam estar à frente em nossa sociedade.

Todavia, está sendo utilizada para formar uma horda de tarados, degenerados morais escravos dos instintos mais animalescos do ser humano incapazes de pensar e de fazer algo útil por nossa civilização.

Importante firmar que quem promove esse tipo de degradação é a extrema esquerda, ligada a partidos como PSOL (principalmente), PT, PCB e PCdoB.

 

sies_2017_20170427_1815895629

18952523_1405730179508861_5731517950092216918_n

Essas imagens são do Simpósio de Educação Sexual que ocorreu na UEM – Universidade Estadual de Maringá.
Fique atento com a educação que seus filhos vêm recebendo na escola, para que amanhã você não tenha o desgosto de vê-los em fotos como essas.

Os promotores da ideologia de gênero se organizam o tempo todo pra discutir formas de disseminar essas ideias no mundo universitário.

O objetivo do simpósio era discutir o tema “Currículos Identitários e Pluralidades de Gênero”. Aconteceu nos dias 26, 27 e 28 de abril e apenas hoje ganhou destaque na rede social.

Fotos divulgadas no site da instituição – UEM – mostraram como foi uma apresentação artística, que se resumiu a duas mulheres tendo relações enquanto outros assistiam.

Por Éder Borges e Francine Galbier

CURTA O JORNAL EXPRESSO DIÁRIO NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS