Caetano pede R$ 200 mil de indenização por causa da hashtag #caetanopedofilo

0
0

Os Advogados de Caetano Veloso entraram com uma ação na Justiça contra o escritor Flavio Azambuja Martins – mais conhecido como Flavio Morgenstern – após identificá-lo como autor e disseminador da hashtag #caetanopedofilo, conforme adiantou a coluna de Ancelmo Gois, nesta sexta-feira. O caso teve grande repercussão nas redes sociais no fim do mês passado.

O documento, registrado no dia 3 deste mês, pede prioridade na tramitação processual por envolver um idoso (de 75 anos). A ação foi distribuída para a 14ª Vara Cível foi feita na última segunda-feira.

Os defensores de Caetano pedem que as publicações consideradas ofensivas sejam deletadas dos perfis de Morgenstern na web com urgência, com pena de R$ 5 mil em caso de descumprimento. A ação também inclui um pagamento de R$ 200 mil de indenização por dano moral.

CURTA O JORNAL EXPRESSO DIÁRIO NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS