Pelo menos dez pessoas morreram na quinta-feira, 20, à noite ao participarem de um saque em uma padaria no distrito popular de El Valle, no oeste de Caracas. A informação é da imprensa local, que garantiu que oito pessoas morreram eletrocutadas e duas foram atingidas por disparos de arma de fogo.

Em comunicado, o Ministério Público confirmou as mortes e disse ainda que um homem também morreu no popular bairro Petare, a leste de Caraca. Com as mortes da quinta-feira, já são 20 mortos em três semanas de protestos violentos contra o governo de Nicolás Maduro.

A Agência Efe constatou no local dos fatos que funcionários do Corpo de Investigações Científicas Penais e Criminalísticas (CICPC) da Venezuela tinham chegado à padaria para recolher os corpos.

Segundo alguns veículos da imprensa venezuelana, os oito eletrocutados teriam recebido choques de um cerca elétrica instalada no estabelecimento para impedir roubos e saques, enquanto outros meios afirmaram que um cabo de alta tensão se soltou quando os saqueadores tentavam entrar no local.

COMENTÁRIOS