Citando JK, Lula diz que “não aceita” ser julgado por Moro, mas só pelo povo. Se assim fosse ele já estaria preso há muito tempo

0
0

O ex-presidente Lula postou em seu Twitter uma frase do também ex-presidente Juscelino Kubitschek. Na frase, ele diz que “não aceita” ser julgado por aqueles que o julgam, mas que só reconhece o julgamento do povo. Veja:

Captura-de-Tela-2017-11-09-as-16.08.17.png

Se assim fosse, então Lula não só já estaria preso como teria aceitado sua condição de réu. Com exceção dos petistas, o povo quer mais do que tudo vê-lo atrás das grades e isso se comprova facilmente por uma breve análise de comentários nas redes sociais. Se somarmos isso ao fato de que sua campanha foi recheada de protestos e vaias por onde ele passou, tanto no nordeste como em Minas, fica ainda mais claro que o povo nutre por ele não mais do que desprezo e antipatia.

Ademais, a resposta do povo veio nas urnas no ano passado, quando o PT perdeu bruscamente sua hegemonia política em quase todas as grandes cidades nas quais concorreu. Para se ter uma ideia, em Joinville, Santa Catarina, nenhum candidato do PT ou aliado foi eleito sequer para vereador, sendo que até então era comum o partido preencher pelo menos 3 ou 4 das 19 cadeiras na Câmara. Em 2014 e 2016, o ex-prefeito petista Carlito Merss foi humilhado nas urnas, nem mesmo conseguiu se reeleger como deputado federal, cargo que ocupou por mais de uma década.

Ainda dá para mencionar a derrota acachapante sofrida por Jandira Feghali no Rio. A única candidata oficialmente apoiada pelo PT perdeu feio, ficando com a sétima colocação no pleito, enquanto o até então irrelevante Marcelo Freixo conseguiu o segundo turno apenas por ter “rejeitado” apoio público dos petistas.

CURTA O JORNAL EXPRESSO DIÁRIO NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS