Vasco decreta luto por morte do ex-presidente Eurico Miranda

O ex-presidente do Vasco tratava um tumor no cérebro desde o ano passado. Antes de ser diagnosticado com a doença o cartola já tinha se recuperado de um câncer na bexiga e outro no pulmão nos últimos anos

A morte do ex-presidente Eurico Miranda repercutiu rapidamente no Vasco nesta terça-feira. O clube decretou três dias de luto e o treino da equipe profissional, marcado para a tarde, foi cancelado.

Além do luto, o presidente Alexandre Campello adiantou que já estuda outras formas de homenagear o ex-presidente, que ocupava a presidência do Conselho de Beneméritos. Por meio das redes sociais, o atual mandatário cruzmaltino lamentou a morte de Eurico Miranda.

“Convivi com Eurico Miranda por 25 anos. Juntos, celebramos grandes títulos no Vasco. Eurico marcou definitivamente seu nome na história do Clube. Manifesto minha solidariedade à Dona Sylvia, aos filhos Eurico, Alvaro, Mario Ângelo e Sylvia e aos demais familiares e amigos”, publicou o presidente do clube.

O Vasco, em seu perfil oficial, também lamentou o ocorrido. Eurico Miranda faleceu aos 74 anos nesta terça-feira, em um hospital no Rio de Janeiro. O dirigente vinha lutando com problemas de saúde e já não fazia aparições públicas.

O ex-presidente do Vasco tratava um tumor no cérebro desde o ano passado. Antes de ser diagnosticado com a doença o cartola já tinha se recuperado de um câncer na bexiga e outro no pulmão nos últimos anos.

Como presidente do Vasco, exerceu por duas vezes o mandato (2003 a 2008 e de 2015 a 2017).

O EXPRESSO DIÁRIO É UMA MÍDIA ALTERNATIVA CONSERVADORA PARA QUEM BUSCA INFORMAÇÕES PRECISAS E INTERPRETAÇÕES EQUILIBRADAS DOS PRINCIPAIS FATOS DO BRASIL E DO MUNDO. CURTA É GRÁTIS!

ASSINE O EXPRESSO DIÁRIO, É GRÁTIS

DEIXE UM COMENTÁRIO