Você sabe para onde estão indo os gastos da sua empresa?

92

Saiba quais são as principais despesas empresariais, entenda para onde é destinada a verba do orçamento e veja como economizar com elas!

Todas as empresas precisam arcar com os seus gastos, necessários para que elas continuem a prestar serviços e oferecer produtos aos clientes. Porém, muitos gestores, diretores e até mesmo donos de empresa não sabem exatamente o que acontece com o dinheiro.

De acordo com um estudo do U.S. Bank, entre as empresas que não dão certo, 82% delas passam por essa situação devido a problemas de fluxo de caixa, ou seja, a cada 5 empresas que fecham as portas, 4 tiveram dificuldades financeiras.

Isso ressalta a importância de saber exatamente para onde vai o seu dinheiro, já que entender com o que se está lidando torna a gestão do negócio mais simples, prática e assertiva.

Compreenda os principais gastos que a sua empresa tem e saiba como se preparar melhor para enfrentá-los!

Principais despesas de uma empresa

Um ditado popular de Sun Tzu diz que “se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas”. Então, ao saber o que acontece com as finanças da sua empresa, as chances de ter sucesso no mercado e manter a operação do negócio se tornam muito maiores.

É importante ressaltar que as despesas podem variar de acordo com cada negócio, mas as principais costumam aparecer na maioria das empresas. Além disso, cada uma delas está acompanhada de uma dica para economizar!

Aluguel

O número de empresas que possuem espaço físico próprio é relativamente pequeno. Portanto, o aluguel costuma aparecer em seu orçamento como uma despesa fixa, que sempre estará ali, independentemente de sua produção ou faturamento em determinado mês.

Essa é uma das despesas mais importantes, já que o espaço físico é fundamental para a continuidade das operações do negócio. Por isso, ela deve ser analisada com muito cuidado.

Uma boa sugestão é estabelecer uma porcentagem máxima do valor do aluguel de acordo com quanto dinheiro entra na empresa. Por exemplo, se você fatura R$ 20 mil por mês e precisa pagar R$ 3 mil de aluguel, esse custo está em 15% do faturamento.

A porcentagem pode variar de 2% a 20%, de acordo com a natureza do negócio, mas o mais importante é ter certeza de que será possível arcar com ele, ainda que haja alguma oscilação no mercado.

Como economizar: se o negócio não necessariamente precisa estar em uma localização privilegiada para acesso do público, pode ser vantajoso mudar para uma área um pouco afastada, onde os aluguéis costumam ser mais baratos.

Telecomunicações

Telefone fixo, celular, PABX, internet… Os custos do setor de telecomunicações são maiores em algumas empresas do que em outras, mas a verdade é que todas elas arcam com essa despesa.

Por exemplo, um call center tem custos bem elevados com telecomunicações, já que isso é vital para suas operações, enquanto uma agência de marketing também utiliza esse tipo de serviço, embora em menor proporção.

Como economizar: o ideal é analisar as reais necessidades que a empresa possui e, com isso, procurar por planos que possam atendê-las, de modo a obter o melhor custo-benefício possível.

Inventário

Toda empresa dispõe de um inventário, onde encontram-se a matéria-prima, os materiais e os produtos que ela utiliza em seu dia a dia e que precisam ser repostos com uma regularidade que varia de acordo com cada tipo de negócio.

No caso de um comércio, a rotatividade do inventário é muito grande, já que essa é a principal atividade da empresa, ao passo que um escritório de advocacia quase não precisa de reposições em seu inventário.

Como economizar: seja qual for o índice de rotatividade do inventário, o ideal é procurar por fornecedores que ofereçam os melhores preços e condições de pagamento, o que pode fazer a diferença no final do mês.

Salários

Essa é uma das despesas mais clássicas e que está presente em todas as empresas. O valor varia de acordo com a quantidade de colaboradores e suas funções, mas não há como gerenciar um negócio sem pensar nos salários.

Aqui, também estão inclusos os impostos pagos ao governo e os benefícios oferecidos aos colaboradores. Ao mesmo tempo que mais colaboradores resultam em um montante maior, isso também impacta positivamente na produtividade da empresa, o que por sua vez eleva o faturamento.

Como economizar: prefira uma equipe com profissionais mais capacitados, ainda que menor, do que muitos colaboradores que não apresentam um bom desempenho. Além disso, se a contratação de um novo talento for possível e ela ajudar a empresa a aumentar seu faturamento, não hesite em fazê-lo.

Marketing

Esse é um investimento que precisa ser feito em empresas de todos os portes e segmentos, já que o marketing é responsável por novos clientes e pela manutenção dos atuais, o que por sua vez resulta em um faturamento maior.

De acordo com um estudo de 2016-2017 da Gartner Research, as empresas investem 12% de seu faturamento anual com marketing: enquanto as maiores, com faturamento acima de US$ 5 bilhões, investem 13% em marketing, as menores, que faturam de US$ 250 milhões a US$ 500 milhões, gastam, em média, 10%.

O valor, porém, pode variar de acordo com o estágio do negócio. Empresas novas no mercado podem precisar de um investimento maior, ao passo que as já estabelecidas podem não apresentar uma necessidade tão intensa.

Como economizar: caso a receita da empresa esteja baixa, reduza o investimento em marketing se necessário, mas jamais abandone-o de vez, o que pode fazer com que a recuperação do negócio seja ainda mais difícil.

Controle os gastos da sua empresa!

Ter um negócio está diretamente ligado às despesas, e é fundamental saber quais são elas para entender qual é o destino do dinheiro que entra no orçamento. Assim, é possível fazer as alterações necessárias para cortar custos sem abrir mão da qualidade.

Ao manter tudo sob controle, a gestão de contas se tornará ainda mais assertiva e o resultado será uma empresa com a melhor saúde financeira possível!

GOSTOU DESTA NOTÍCIA? ENTÃO CURTA E COMPARTILHE, É GRÁTIS! ISSO NOS MOTIVA A CRIAR MAIS CONTEÚDO DE QUALIDADE PARA VOCÊ!

ASSINE O EXPRESSO DIÁRIO, É GRÁTIS

COMENTÁRIOS