Alabama aprova projeto de castração química para pedófilos

O Estado do Alamaba, no sul dos Estados Unidos, aprovou em sua Assembléia Legislativa uma lei que exige a castração química para pedófilos condenados.

Um dos autores do projeto afirmou:
“Eles marcaram uma criança pelo resto de sua vida, e a punição deve ser proporcional ao crime.”
A lei se trata de uma exigência para sair da prisão, após o cumprimento da pena. Caso o condenado se negue a ser castrado, continuará na cadeia.

Siga o EXPRESSO DIÁRIO no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

Nos EUA, há vários Estados que adotam essa lei. O projeto agora segue para sanção da governadora republicana do Alabama.

Amauricio Borba

Formado em Economia, Jornalismo e Ciências Políticas pela UNIVILLE – SC. Gaúcho de nascimento e catarinense de coração. Conservador de direita em defesa da ética, da liberdade de expressão e por um Brasil mais justo. Apaixonado por vendas é fundador do Jornal Expresso Diário
Amauricio Borba