Um levantamento da revista Istoé revela que o PT, na prestação de contas de 2018, usou cerca de R$ 1 milhão do fundo partidário para custear diárias, passagens e outros custos ligados à campanha “Lula Livre”.

00:00 / 00:00 Loading Ad Só em voos para Curitiba de São Bernardo do Campo foram R$ 320 mil e entre os beneficiados estão Dilma Rousseff e Fernando Haddad.

segundo O Antagonista, “A Lei 9.096/95 (Lei dos Partidos Políticos) prevê que o Fundo Partidário seja utilizado apenas em atividades de organização meramente partidárias, não em iniciativas de promoção pessoal de seus filiados”, ou seja, mais um crime pra conta do PT.

Só em voos para Curitiba de São Bernardo do Campo foram R$ 320 mil e entre os beneficiados estão Dilma Rousseff e Fernando Haddad.

segundo O Antagonista, “A Lei 9.096/95 (Lei dos Partidos Políticos) prevê que o Fundo Partidário seja utilizado apenas em atividades de organização meramente partidárias, não em iniciativas de promoção pessoal de seus filiados”, ou seja, mais um crime pra conta do PT.

Julio César Moreira

Graduando em administração de empresas pela UFPR-PR. Assessor de investimentos, hoje atua no setor privado como consultor na área de educação e inovação. Escreve regularmente sobre tópicos relacionados a economia, instituições e política.
Julio César Moreira

DEIXE UM COMENTÁRIO