Bolsonaro aguarda relatório da PF para decidir sobre ministro

A PF investiga se o ministro do Turismo cometeu falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira, 5, que vai aguardar o relatório da Polícia Federal (PF) para decidir o destino do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio

Investigadores da PF suspeitam da participação do ministro em um esquema para forjar candidaturas laranjas do PSL, partido do presidente, na campanha eleitoral do ano passado.

“Vamos aguardar o relatório da Polícia Federal. Só com acusação não vale”, afirmou Bolsonaro, ao observar que denúncias não são suficientes para que ele tome qualquer medida. “Com o relatório em mãos, vamos analisar.” A PF investiga se o ministro do Turismo cometeu falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. Na campanha de 2018, Álvaro Antônio era presidente do PSL em Minas Gerais. Atualmente, ele é deputado federal licenciado.

Siga o EXPRESSO DIÁRIO no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

No café da manhã com diretores de jornais e repórteres de TV, Bolsonaro disse que a maioria dos ministros de sua equipe “não tem experiência política”.