Dias Toffoli é a cara do PT, revoga direito de propriedade e acha divertido roubar processos

Presidente do Supremo revoga direito de propriedade e acha divertido roubar processos

Dias Toffoli troca “onde” por “aonde”, diz “mandato” em vez de “mandado” , chama de “ocupantes” os invasores de prédios alheios e acha divertido roubar processos judiciais.

Por essas e outras, fracassou nas duas tentativas de virar juiz de Direito. Por servir ao PT, hoje é presidente do Supremo.

Promulgada em 1950, a Lei 1079, conhecida como Lei do Impeachment, define no art. 39 os cinco crimes de responsabilidade dos ministros do STF, puníveis com a perda do cargo.

O quinto: “Proceder de modo incompatível com a honra, dignidade e decoro de suas funções”. O vídeo que mostra Toffoli em ação é desonroso, indigno e indecoroso.

GOSTOU DESTA NOTÍCIA? ENTÃO CURTA E COMPARTILHE, É GRÁTIS!

ASSINE O EXPRESSO DIÁRIO, É GRÁTIS

DEIXE UM COMENTÁRIO