Jornalista Patrícia Campos que criou Fake News “campanha anti-PT no Whatsapp” vira conselheira da Folha

Segundo a Agência de Notícias Caneta, a jornalista Patrícia Campos Mello, criadora da maior notícia falsa das eleições de 2018 – a “campanha anti-PT pelo Whatsapp financiada por empresários” – foi premiada pelo jornal: se tornou conselheira editorial da Folha.

Declaradamente petista, Patrícia fez a “denúncia” uma semana antes do segundo turno das eleições com o claro intuito de influenciar o resultado do pleito.

Entretanto, o jornal Folha de S.Paulo não apresentou provas das acusações até hoje, o que caracteriza uma “fake news”.

Patrícia não foi a única esquerdista que se tornou conselheira da Folha: a colunista Mônica Bergamo também ganhou a promoção.

Amauricio Borba

Formado em Economia, Jornalismo e Ciências Políticas pela UNIVILLE – SC. Gaúcho de nascimento e catarinense de coração. Conservador de Direita sempre em defesa da ética, da liberdade de expressão e por um Brasil mais justo. Apaixonado por vendas é fundador do Jornal Expresso Diário
Amauricio Borba

DEIXE UM COMENTÁRIO