Mourão assumirá presidência com cirurgia de Bolsonaro e será o primeiro índio a governar o Brasil

Futuro vice-presidente da República deve assumir poderes de Jair Bolsonaro no processo pós-operatório da cirurgia de retirada da colostomia, que ocorrerá em 2019

O vice-presidente eleito General Mourão será o primeiro indígena a assumir o governo do Brasil.

O fato deve ocorrer primeiramente com o afastamento temporário de Jair Bolsonaro do Palácio do Planalto devido a cirurgia de retirada da colostomia que realizará em 2019.

Segundo informações preliminares, ele deve ficar afastado cerca de duas semanas de suas atribuições.

Inicialmente prevista para acontecer em dezembro, o procedimento médico precisou ser adiado após exames realizados nesta sexta-feira (23) constatarem inflamação que impediria a incisão no próximo mês.

Bolsonaro precisou recorrer à colostomia após o atentado à faca que sofreu em setembro e que perfurou seu intestino.

Militar de carreira e filiado ao PRTB, de Levy Fidelix, Mourão ganhou notoriedade em 2017 após cogitar uma intervenção das Forças Armadas no poder político em caso de desordem institucional.

A informações são do Jornal Boletim da Liberdade.

O EXPRESSO DIÁRIO É UMA MÍDIA ALTERNATIVA CONSERVADORA PARA QUEM BUSCA INFORMAÇÕES PRECISAS E INTERPRETAÇÕES EQUILIBRADAS DOS PRINCIPAIS FATOS DO BRASIL E DO MUNDO. CURTA É GRÁTIS!

ASSINE O EXPRESSO DIÁRIO, É GRÁTIS

DEIXE UM COMENTÁRIO