Eduardo Bolsonaro diz que Lula terá companhia na prisão

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), afirmou após a eleição do pai que o povo pode esperar que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva terá mais companhia a partir do ano que vem na sede da Polícia Federal em Curitiba, onde está preso desde abril.

Pouco depois da confirmação do pai como novo presidente, Eduardo subiu em um carro de som que estava em frente ao condomínio onde mora o vencedor deste domingo para discursar para uma multidão que comemorava a vitória nas ruas da orla da Barra da Tijuca.

“Vai ter mais companhia para ele (Lula na prisão) no ano que vem”, disse Eduardo do carro de som, praticamente repetindo declaração do pai de uma semana atrás.

Em vídeo transmitido a uma grande manifestação em São Paulo na semana passada, Bolsonaro disse que Lula em breve teria o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) “para jogar dominó no xadrez”.

“Aguarde, o Haddad vai chegar aí também, mas não será para visitá-lo não, será para ficar alguns anos ao teu lado”, acrescentou Bolsonaro domingo passado.

Em frente ao carro, havia uma boneco inflável do ex-presidente Lula com roupa de presidiário, conhecido como Pixuleco. Os simpatizantes, inflamados com a vitória, cantavam o hino nacional e gritavam a todo instante “fora Lula” e “fora PT”.

Do alto do carro de som, Eduardo Bolsonaro puxava gritos de guerra como “a nossa bandeira jamais será vermelha”. O deputado aproveitou o clima para rebater que a candidatura do pai seja de extrema-direita.

Siga o EXPRESSO DIÁRIO no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

“Chamam a gente de nazista, fascista, misógino, homofóbico, mas só não chamam de que? Burro”, finalizou ele sob aplausos, em meio à queima de fogos de artifício.

Amauricio Borba

Formado em Economia, Jornalismo e Ciências Políticas pela UNIVILLE – SC. Gaúcho de nascimento e catarinense de coração. Conservador de direita em defesa da ética, da liberdade de expressão e por um Brasil mais justo. Apaixonado por vendas é fundador do Jornal Expresso Diário
Amauricio Borba