Segundo o Portal da Indústria, neste ano, a economia brasileira consolidará a trajetória de crescimento iniciada em 2017. A indústria crescerá 3% e as empresas aumentarão a oferta de vagas para os trabalhadores.

As previsões estão na edição especial do Informe Conjuntural da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Conforme as estimativas, a inflação continuará baixa, abrindo caminho para uma nova redução dos juros.

A CNI destaca, no entanto, que, no médio e no longo prazo, a economia será influenciada pelas eleições de 2018. “A consolidação da vitória de uma candidatura comprometida com a continuidade e aprofundamento das reformas deverá intensificar o processo de recuperação e pavimentar um novo ciclo de crescimento com base na expansão do investimento”, destaca a indústria.

O Ministro da Fazenda, principal responsável por esta recuperação econômica, publicou em seu Twitter um tipo de “resumão” do que foi previsto pela CNI:

Verdade seja dita, Henrique Meirelles tem trabalhado duramente para conseguir estes resultados. Embora as coisas ainda estejam longe da perfeição, é fato que já melhoraram bastante.

JORNALISMO DE QUALIDADE MERECE SER APOIADO, CURTA O EXPRESSO DIÁRIO NO FACEBOOK E ACOMPANHE AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES

COMENTÁRIOS