William Dudley, presidente da Reserva Federal de Nova York, declarou no dia 29 de novembro durante discurso na Universidade Rutgers, estado de Nova Jersey, que o Fed está ativamente pensando em criar sua própria criptomoeda. Entretanto, o banco ainda não deu início no desenvolvimento de uma moeda digital.

“Neste momento, é muito cedo para dizer que a Reserva Federal emitirá sua própria moeda digital. No entanto, começamos a pensar a respeito: quão significativo seria criar uma moeda digital e emiti-la? Seria vantajosa para nós tal criação?”, disse ele, citado pela agência Reuters.

“No futuro, bancos centrais poderiam vir a se envolver mais ativamente no processo de emissão de moedas digitais como alternativa a divisas tradicionais. Muitos bancos centrais consideram que as moedas virtuais seriam um meio de troca mais eficaz do que dinheiro”, acrescentou Dudley.

Ao mesmo tempo, o economista destacou seu ceticismo em relação ao bitcoin por ela desprover de caraterísticas necessárias para ser uma divisa real.

Anteriormente, o ministro das Comunicações da Rússia, Nikolai Nikiforov, confirmou aprovação dada pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, para criação do “criptorublo”, a criptomoeda nacional russa. A nova moeda será criptografada por meio de algoritmos desenvolvidos no país. Além disso, os novos criptorublos não poderão ser emitidos através de mineração tradicional: é provável que a emissão dessa criptomoeda seja regulamentada.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM PRIMEIRA MÃO. CURTA E SIGA NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS NOS BOTÕES ABAIXO

COMENTÁRIOS